Confira o Calendário do Prouni 2020

O MEC divulgou o calendário do Prouni 2020, que é Programa Universidade para Todos, que oferece bolsas de estudos em Instituições particulares de ensino.

O candidato poderá conferir no edital as informações relativas aos prazos para a inscrição e resultado da seleção de candidatos.

Prouni 2020: Edital

De acordo com o Edital Prouni 2020, o calendário do programa será:

  • Inscrição: 28 a 31 de janeiro de 2020;
  • Resultado Primeira chamada: 4 de fevereiro;
  • Comprovação das informações: 4 a 11 de fevereiro de 2020;
  • Registro do Sisprouni 4 a 14 de fevereiro de 2020;
  • Resultado 2ª chamada: 18 de fevereiro;
  • Comprovação das Informações: 18 a 28 de fevereiro;
  • Lista de Espera: 6 a 9 de março;
  • Comprovação das informações junto às Instituições: 13 a 16 de março de 2020;
  • Período para Registro no Sisprouni: 17 a 23 de março de 2020.

Como se inscrever para o programa?

O candidato interessado deverá acessar o sistema do Prouni, e preencher os dados relativo à inscrição.

Para efetuar a inscrição, o candidato deve informar o número de inscrição do Enem 2019 e a senha mais atual cadastrada no referido Exame.

Quem poderá se inscrever?

Podem se inscrever candidatos brasileiros que não tenham diploma de curso superior e que tenham participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019.

Requisitos para Participar do Prouni

Além de fazer o Enem 2019, o candidato deve:

    • Ter cursado o ensino médio completo em escola pública, ou em instituição privada como bolsista integral;
    • Possuir alguma deficiência; ser professor da rede pública;
  • Estar enquadrado no perfil de renda exigido pelo programa.

Modalidades de Bolsas oferecidas

O ProUni oferece bolsas de estudo integrais (100%) e parciais (50%) em cursos de graduação de instituições privadas de ensino superior.

  • As bolsas integrais são destinadas aos estudantes com renda familiar bruta per capita de até 1,5 salário mínimo.
  • As bolsas parciais contemplaram os candidatos que têm renda familiar bruta per capita de até 3 salários mínimos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *