Inscrições do ProUni 2020/1 estão suspensas

As inscrições do Programa Universidade Para Todos (ProUni) 2020 foram suspensas após decisão da Justiça Federal impedindo a divulgação do resultado do Sistema de Seleção Unificada (SiSU) 2020/1. A medida foi tomada pela Justiça até a comprovação da correção do erro nas notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019. O sistema começaria a receber os pedidos de bolsa de estudo nesta terça-feira, 28 de janeiro.

De acordo com o Ministério da Educação (MEC), as inscrições do ProUni 2020 só podem ser abertas após a divulgação do resultado do SiSU 2020 e, por isso, a participação no programa está temporariamente suspensa até decisão da Justiça para que as notas do Sistema de Seleção Unificada possam ser divulgadas. Mesmo com as inscrições suspensas, o MEC liberou a consulta de bolsas no site do programa. O ProUni 2020/1 oferecerá 251.139 bolsas para o primeiro semestre letivo de 2020.

As bolsas do ProUni se dividem em 100% e 50% das mensalidades de cursos superiores de instituições particulares vinculadas ao programa. O ProUni 2020/1 é voltado para quem fez o Enem 2019 e teve média mínima de 450 pontos nas provas e não zerou a redação. O MEC também avalia a escolaridade do participante, sendo obrigatório comprovar o ensino médio em escola pública ou com bolsa integral em colégio particular.

Outras categorias de participação no ProUni, além dos estudantes acima citados, são as pessoas com deficiência (PcD) e os professores da rede pública em exercício do magistério e que desejam cursar pedagogia, normal superior ou licenciaturas. Somente os professores da rede pública podem ser graduados e ainda assim concorrer ao ProUni, os demais candidatos não podem ter curso superior concluído.

No ProUni existe a necessidade de comprovação de renda para participar, exceto para os professores da rede pública:

  • Até um salário mínimo e meio: bolsas de 100% ou 50%
  • Até três salários mínimos: somente bolsas de 50%

A previsão é de que o resultado do Prouni 2020 seja divulgado no dia 04 de fevereiro. Haverá duas chamadas regulares. A segunda convocação está prevista para o dia 18 de janeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *