Prouni 2018

Prouni 2018: Inscrições

13 de novembro de 2017

Prouni 2018: Inscrições para o Programa Universidade para Todos, que concede bolsas de estudos parciais ou integrais para candidatos que realizaram o Enem.

Prouni 2018: Inscrições

As inscrições referentes ao Prouni 2018-1 serão disponibilizadas assim que o MEC liberar o resultado do Enem, que está previsto para 19 de janeiro, mas comumente o Ministério antecipa a data.

Modalidades de Bolsas Prouni

-Bolsa integral: para estudantes que possuam renda familiar, por pessoa, de até um salário mínimo e meio.

-Bolsa parcial de 50%: para estudantes que possuam renda familiar, por pessoa, de até três salários mínimos.

Requisitos para inscrições Prouni 2018

De acordo com edital do programa, estão abaixo os requisitos para realização da inscrição junto ao Prouni:

-Ter cursado o ensino médio completo em escola da rede pública;ou

-Ter cursado o ensino médio completo em instituição privada, na condição de bolsista integral da respectiva instituição;

-Ter cursado todo o ensino médio parcialmente em escola da rede pública e parcialmente em instituição privada, na condição de bolsista integral na instituição privada;

-Ser pessoa com deficiência;

-Ser professor da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica e integrando o quadro de pessoal permanente de instituição pública e concorrer a bolsas exclusivamente nos cursos de licenciatura, normal superior ou pedagogia. Nesses casos a renda não é considerada.

-Ter nota mínima de 450 pontos no Enem.

Critérios para Desempate Prouni

Conforme informações do MEC, estão abaixo os critério para desempate para concessão de bolsas do Prouni:

No caso de notas idênticas na média aritmética do Enem; o desempate entre os candidatos será determinado de acordo com a seguinte ordem de critérios:

I – maior nota na prova de redação;

II – maior nota na prova de Linguagens, Códigos e Suas Tecnologias;

III – maior nota na prova de Matemática e suas Tecnologias;

IV – maior nota na prova de Ciências da Natureza e suas Tecnologias;

V – maior nota na prova de Ciências Humanas e suas Tecnologias.

Reservas de Vagas Prouni

O programa possui reserva de bolsas para pessoas com deficiência e aos autodeclarados indígenas, pardos ou pretos. O percentual de bolsas destinadas aos cotistas é igual àquele de cidadãos pretos, pardos e indígenas, em cada Estado, segundo o último censo do IBGE. O candidato cotista também deve se enquadrar nos demais critérios de seleção do Prouni.

Outros programas do governo federal que utilizam as notas do Enem

Sisu edição 2018

A nota do Enem possibilita, por exemplo, o acesso às mais de 60 instituições públicas de ensino superior no país, por meio do Sisu; que é um sistema gerenciado pelo MEC; no qual instituições públicas de ensino superior oferecem vagas para candidatos participantes do Enem; que será classificado de acordo com a melhor nota obtida nas provas. As inscrições do Sisu serão liberadas assim que o resultado do Enem for publicado e serão realizadas pelo site do Ministério da Educação, ícone Sisu. As Instituições assinarão o termo de adesão e divulgarão as vagas que serão destinadas para o Sistema de Seleção Unificada.

Ciência sem Fronteira

De acordo com o MEC, para conseguir uma bolsa no exterior pelo programa Ciência Sem Fronteiras; o estudante deverá estar matriculado em curso de nível superior nas áreas e temas contemplados pelo programa; além de obtido nota no Enem igual ou superior a 600 pontos, entre outros critérios.

Fies 2018

Outra opção das notas do Enem é que o estudante que quer ingressar no ensino superior é o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Para participar, é preciso que os estudantes que concluíram o ensino médio; a partir do ano letivo de 2010, tenham feito o Enem daquele ano ou posterior; e que não tenham zerado na prova de redação. Mas professores da rede pública de ensino estão isentos da exigência do exame. O Fies 2018 terá várias alterações e possibilitará três modalidades a partir do próximo ano.

Modalidades Fies 2018

O Novo Fies gerará 310 mil vagas e será composto por três modalidades, de acordo com o MEC.

-Na primeira, serão oferecidas 100 mil vagas a juro real zero para estudantes com renda familiar per capita mensal de até três salários mínimos. Os recursos deste financiamento serão provenientes da União.

-As modalidades dois e três estão destinadas a estudantes com renda per capita mensal de até cinco salários mínimos. Elas terão como fonte de financiamento recursos de fundos constitucionais; no caso da modalidade dois, e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), na modalidade três.

Pronatec

O candidato que optar pelo ensino técnico, a opção será o Pronatec. Para se inscrever nas diversas opções de cursos técnicos oferecidos, é preciso se cadastrar no Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec). A oportunidade é direcionada para quem já concluiu o ensino médio e realizou o Enem, a partir de 2010, e obteve nota acima de zero na prova de redação.

Informações Sisu

Notas de corte por área de conhecimento;

-Consulte a concorrência Sisu edição 2017;

Acesse as notas de corte Medicina Sisu 2017-1

Consulte as notas de corte Medicina Sisu 2017-2

 

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply